Feijoada marca fechamento do ano 2015 na Estácio

A exemplo do almoço em homenagem aos professores em outubro, o Centro Universitário Estácio fechou o ano letivo de 2015 com uma feijoada para os funcionários, docentes e administrativos, de todas as unidades de Belo Horizonte.

Os professores e alunos de Gastronomia, comandados pelo coordenador Danilo Simões, repetiram a receita de sucesso, que é um dos pratos mais tradicionais de sexta-feira da cozinha mineira e brasileira. Só que desta vez a confraternização foi numa quarta-feira, dia 16 de dezembro, exatamente dois meses depois da primeira feijoada gourmet. A sobremesa foi doce de leite com queijo.

O diretor regional Érico Ribeiro, antes de desejar Feliz Natal e boas férias, parabenizou e agradeceu a todos pela dedicação e empenho em um ano tão difícil como foi 2015. Ele espera um 2016 ainda mais complicado, mas comemorou o fato de a Estácio ter crescido em 34% as entradas de alunos e não ter feito muitas demissões, como fizeram em massa algumas escolas concorrentes, impactadas pelos cortes no Fies.

O reitor Juciê Abreu também saudou a todos e desejou um merecido descanso com as famílias.  Os professores da Gastronomia, Danilo Simões, Renato Lobato, Igor Serravitti, entre outros, e a funcionária da Agência Prosa, Adriana Tenchini, também aluna do curso, ganharam chocolates da gestora da Unidade Prado, Maria Angela Gazire Duch, como forma de agradecimento por mais uma vez abrirem mão de estar entre seus colegas festejando, para ficarem do outro lado da mesa preparando uma refeição em grande escala, sem perder a qualidade. Cerca de 150 pessoas prestigiaram o almoço de confraternização e encerramento da Estácio.

Nona edição da Feira internacional de quadrinhos começa na próxima quarta-feira em Belo Horizonte

Wallison Araujo, Marlon Chistian

Belo Horizonte receberá entre os dias 11 e 15 de novembro a Feira Internacional de Quadrinhos (FIQ), na Serraria Souza Pinto. A nona edição do evento contará com a presença de vários nomes do mundo dos quadrinhos, além de trazer palestras, oficinas e exposições.

Este ano o evento vai homenagear o cartunista Antônio Cedraz, que teve ao longo dos anos uma carreira consolidada e com grande prestígio entre os artistas brasileiros. A Feira Internacional de Quadrinhos acontece de dois em dois anos na capital desde 1999, e o hoje é considerada a maior feira do ramo na América Latina.

Além da FIQ, Belo Horizonte possui outros eventos culturais, como: Virada Cultural, Fórum Internacional de Dança (FID), Festival Internacional de Teatro (FIT), Festival de Arte Negra (FAN), Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, Arraial de Belô e o Comida di Buteco.

Belo Horizonte é conhecida mundialmente como a ‘’Capital dos Bares’’ e, para ganhar um ingrediente a mais, há dezesseis anos a capital mineira é palco do ‘’Comida di Buteco’’. O concurso é uma oportunidade para que os bares divulguem seus pratos e ganhem visibilidade diante da população e dos visitantes da cidade. Além disso, os boêmios de plantão têm a oportunidade de experimentar varias iguarias, acompanhadas de uma boa bebida.

UM OLHAR PARA O FUTURO

Universitário se prepara para encarar desafio do ENADE

Tadeu Marques dos Santos, 32 anos, é estudante do 8° período de Jornalismo do Centro Universitário Estácio de Belo Horizonte. Próximo ao fim da graduação, que será no final deste ano, Tadeu se diz animado em relação a oportunidades na área: “Sou muito confiante. Acredito que as coisas acontecem no momento correto. Estou preparado para as oportunidades que surgirem”, diz.

O aluno foi selecionado para a prova do Enade (Exame Nacional de Desempenho do Estudante), prova que possibilita ao MEC (Ministério da Educação e Cultura) avaliar o desempenho das instituições de ensino privado do país. Já os alunos participantes têm o registro do exame nos respectivos diplomas, um diferencial para um mercado cada dia mais exigente.

No sorriso de Tadeu, a satisfação do graduando, que está sendo preparado para a prova, a ser realizada no dia 22 de novembro. Ele dá detalhe de como foi o processo seletivo, “Constantemente, recebia e-mails da Estácio, falando sobre o assunto. Além disso, buscava sempre me informar pelas publicações afixadas nos murais. Depois, fui notificado pela coordenadora do curso, Flávia Costa, sobre a minha seleção para participar do Enade”, conta.

O graduando considera importante a aplicação do teste: “É partir daí que vamos saber o conceito do nosso curso, da instituição de ensino, dos nossos professores e mestres; e do que realmente aprendemos em termos técnicos e práticos”.

Além dos ensinamentos aprendidos em sala de aula, alunos como Tadeu estão participando de oficinas ministradas pelos professores do centro universitário. O intuito é aprimorar os conhecimentos adquiridos ao longo dos períodos estudados. Tadeu parabeniza a instituição e destaca a participação da jornalista e professora Magali Simon: “As oficinas são nota dez. Temas atuais, cruciais na atualidade. Todos os professores convidados são muito qualificados. Ressalto a oficina cuja aplicação foi de responsabilidade da professora Magali. A ela, devo muito do que aprendi todo este tempo. Nela, me inspiro como futuro profissional”, finaliza.

Vale destacar que o Enade não é restrito aos cursos de Comunicação Social. De acordo com o site do MEC, “O Enade é componente curricular obrigatório aos cursos de graduação, conforme determina a Lei nº 10.861/2004. É aplicado periodicamente aos estudantes de todos os cursos de graduação, durante o primeiro (ingressantes) e último (concluintes) anos do curso”.

SAIBA MAIS

Flávia Costa, coordenadora dos cursos de Comunicação do Centro Universitário Estácio de Belo Horizonte, dá detalhes sobre o Exame Nacional de Desempenho do Estudante (ENADE)

Ouça as entrevistas das alunas Alessandra e Ana Carolina, do curso de Jornalismo, durante a preparação para a prova do Enade.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS

OUÇA A OPINIÃO DE QUEM VAI REALIZAR A PROVA DO ENADE

Repórteres

Elizângela Fontana

Michelyne Kubitschek

Rafaela Lima

Taís de Almeida

RÁDIO, CAFÉ E IDEIAS: UMA TARDE NA ITATIAIA

IMG_20151202_175946
Café midiático: Emanoel Carneiro (ao centro) recebe o professor Getúlio e alunos da Estácio

Alunos dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio de Belo Horizonte participaram de um workshop com o presidente da Rádio Itatiaia, Emanoel Carneiro, na tarde desta quarta-feira. O convite partiu do próprio radialista, durante uma visita técnica à emissora, organizada pelo professor Getúlio Neuremberg, no último dia 24 de novembro. Foram discutidos temas relacionados às mudanças do rádio e outras mídias em tempos de convergência digital. Nesta quinta-feira, o Observatório do Prado vai postar os melhores momentos dessa conversa. Não perca!